Como usar JDBC com qualquer servidor de banco de dados SQL

Bem, resolvi fazer esse post porque fiquei tão feliz quando consegui fazer isso que senti aquela vontade de compartilhar.Bem, a motivação que eu tive pra começar a estudar conexão java com qualquer banco de dados SQL é porque eu to fazendo um curso de java pra web, ai o servidor de banco de dados que eles usam é o HSQL que é um servidor feito completamente em java puro e seco xD desenvolvido no intuito de ser um servidor pequeno(menos de 1 mega, sem a documentação), rápido, e de pouca capacidade, ou seja, foi feito pra testar coisas com banco de dados SQL. Nada contra o java, mas eu odiei esse banco porque não queria pegar no meu mac de jeito nenhum D: ele sempre ficava dizendo que não achava o path pro meu jdk e mandava eu setar a variavel de ambiente JAVA_HOME o problema é que ela ja é setada no mac assim que você instala um jdk “Mas como é que eu vou instalar o jdk no meu mac se não tem no site da sun pra baixar? Ç_Ç” é so ir no DVD de instalação do mac OS X que la tem as ferramentas de desenvolvimento (dentre elas, o XCode, que é uma ferramenta bem legal pra desenvolvimento de programas pra mac… mas enfim, falo dele depois) se eu não me engano é um pacotão que tem la, so clicar 2 vezes que ele vai instalando tudo no devido canto… enfim, depois de me estressar com esse absurdo que foi o HSQL não achar meu jdk ¬¬ pensei (ah, quer saber, se eu ficasse so nesse banco eu não ia aprender a mexer meeesmo em bancos reais) ai o que foi que eu fiz? comecei a catar o MySQL que é o servidor de  banco de dados mais famoso (e gratis) que eu conheço =D ai baixei e instalei(foi bem simples, so instalar o pacote que foi beleza) ai depois percebi que ja tinha um MySQL no meu mac, porque eu tinha o xampp instalado nele faz tempo auhauhauhauahuahauh, mas o grande Severo me disse que o MySQL do xampp não era nada bom porque vivia bugando, enfim, em severo confiamos *O* ehuehueheuhe :B.

Ai depois fui dar o Start no servidor, não me lembro como era no PC, provavelmente é rodar algum .bat que tenha mysql e start no nome ^^”, mas no mac é assim:

sudo /Library/StartupItems/MySQLCOM/MySQLCOM start

“ôôô diabo de comando grande ” é heueheuh, a não ser que você va acessando cada pasta pelo cd ¬¬ muito pior, nada como digitar até no máximo as 3 primeiras letras e apertar tab que ele ja completa ehueheuheu xD pois é, mas pra evitar ficar digitando isso toda vida você pode fazer um alias, so que eu não sei como salva um alias a ponto de quando você desligar e ligar o mac de novo ele ta la =/ não sei qual é o arquivo que tem que mexer pra que isso aconteça, enfim, você também pode fazer um apple script pra isso, eu não vou botar nada agora porque eu to com muita preguiça pra isso =_=” depois eu posto ele de carona em outro post ^^”.”Vix, legal, pra startar eu aprendi, e pra dar stop? D:” so pra nenhum cara über preguiçoso reclamar¬¬

sudo /Library/StartupItems/MySQLCOM/MySQLCOM stop

prooonto :B se duvidar, pra dar stop nem precisa do sudo =p, mas, whatever, vire-se hueheuheuheueh 8D
ta, um dos varios problemas que eu enfrentei foi me conectar ao servidor como administrador pra que eu pudesse criar meus bancos de dados, porque o usuário default do MySQL é root, e não tem senha… e eu fui ver isso um bom tempo depois de eu ter me estressado com o sequel pro, um programa que gerencia banco de dados, pro windows devem ter outros programas, possivelmente até mais úteis e intuitivos, mas, como eu raramente uso windows, e eu tava com preguiça de catar programa bom até pra mac(porque o sequel pro é bonzinho, mas não é tão simples assim, eu fiz o banco de dados e a tabela dele em sql mesmo, nada de cliquesinho nem nada, pode ser que tem recurso gráfico pra criar essas coisas, mas eu so vi os de editar e deletar… enfim, da pro gasto, pelo menos é bonitinho e gratuito ehueheuheuheuh 8D) vou deixar pra vocês procurarem =p.
Outro problema foi carregar o driver do mySQL no java, “e como faz isso?” é assim, primeiro você baixa o driver em .jar(pra adicionar la nas bibliotecas) daí você vai la no eclipse e cola o .jar na pasta lib que ta no web-inf dentro do web content… enfim, eu uso dynamic web project, não sei se tem outro modo de fazer isso… enfim, continuando, aí você faz a conexão com o java “Como?” fazendo uma servlet que vai ter isso:
import java.sql.Connection;
import java.sql.DriverManager;
public class Conexao {
public static Connection getConexao(){
Connection connection = null;
try {
Class.forName(“com.mysql.jdbc.Driver”);
String url = “jdbc:mysql://localhost/produto”;
connection = DriverManager.getConnection(url, “root”,””);
}
catch (Exception ex) {
ex.printStackTrace();
}
return connection;
}
}
OBS.:Se você não entendeu nada, ou quase nada disso, va estudar java, se você não é da área e não entendeu isso… ignore esse post, LOL
Sim, o negocio ai é prestar atenção no driver e no endereço do banco de dados, porque você vai ter que atentar pro nome do banco que você ta usando e tal, fora isso é so alegria =D.
Ah, sim, outra observação, se você é fodão e acha esse código feio e ineficiente, vai fazendo a parte la da conexão no web.xml mesmo, realmente funfa melhor, eu é que to com preguiça de explicar isso porque vai aprofundar demais, eu acho =_=” e eu ja vou dormir ai nem rola =p.
Bem, pronto, é isso, ai pra fazer as inserções nas tabelas se vire¬¬ não sou nem pai de ninguém =p ai é uma coisa que a pessoa que ta mexendo tem obrigação de saber huhuhu.É, é isso =D sei que esse post não foi dos melhores mas…boa noite pra todo mundo /o/

Tags: , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: